Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Eu e tu? Apenas? Como posso? Não consigo…

 

 

Olha para o teu coração, rasga-o de dor, mata-o com esforços para nada...
Olha o teu reflexo de lágrimas, de maquilhagem preta estragada, agarra os teus cabelos escuros e puxa até que a dor física ultrapasse a dor mental.
Cai no Chão, faz birra de criança e pede para que fique. Mesmo sabendo que não vale a pena...
Pega no menino que chora no quarto, abraço-o. Tão pequenino, tão frágil, tão dependente.
- Eu e tu? Apenas? Como posso? Não consigo...
Diz que é o fim, que nunca mais o vais queres ver. Diz que tu, e aquele pequeno ser, é suficiente.
Que essa fragilidade nasce tão depressa como vai. Amor é pegar em nada, e torna-lo em tudo.
 
Diz que ser mãe não é difícil, é natural. Ser mulher é básico, define-se ainda antes de nasceres. Ser alguém é complexo e não linear, processa-se nos obstáculos, e na capacidade de te tornares, evoluíres, não te corromperes...
 
Ser, é transcendente...
É tela abstracta sem contornos reais, que quando terminada ganha o sentimento do autor...
É poeta que nada diz que até chegar ao último verso...
É não pensar, nem quando nem como. É acção, no antes, no depois, no durante, sem entraves, sem olhar para trás.
 
Embalas o berço, limpas as lágrimas. Pegas na coisa mais bonita do mundo, Sobes a camisola, e dás-lhe de comer.
És tudo para alguém, talvez para muitos, não sejas nada... No entanto és o suficiente para fazeres feliz, quem quer ser feliz. Seja ele bebé, criança, adolescente ou velhinho. Seja ele dependente, ou cheio de Independência...
 
Só fazes alguém feliz, se ele desejar ser feliz contigo.
Se não desejar?
Nunca saberá o que perdeu…
 
 


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.