Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

A magia do Adeus

 

  

Dizer Adeus a quem gostamos está para além das nossas capacidades.

Sentir aquela dor forte que nos paralisa, que nos tira todas as forças. As lágrimas e gritos de agonia. Os dias em almofadas molhadas, o vazio eterno não só da alma, como do espaço. Querer falar e não poder, querer soltar a raiva, sem saber onde. Amarrar o ódio da injustiça num baú e fecha-lo para sempre, para que o coração nunca soubesse de tal sujidade.

 

Dizer Adeus é incerto… Porque nunca se sabe quando estás de facto pronto para o pronunciar, e para o concluir. Talvez porque nunca se fica apto, apenas sai da boca, ou é forçado pela mente. Afinal, o adeus é aleatório, e a mente somente acompanha a intensidade, e nos entrega à incredibilidade de uma fatal notícia.  

 

O tempo pára, e as questões aparecem. E se eu simplesmente não dissesse Adeus?

E negamos o evidente, por não querer ver. É a esperança, até ao último folgo.

Contorcemo-nos, esticamos os braços, incrédulos com a crueldade da vida. Ou diria da Morte?

O passado, não é viver, mas recordar. Imaginar como seria, não passa de possibilidades, ou de impossíveis…

 

Adeus…

Largaram-se as mãos, o abraço, o sorriso.

Adeus…

E a magia aparece.

De novo… as mãos, o abraço, o sorriso. São lembranças.

 

Disse por fim, Adeus, com a certeza que és Eterno.

Eterno em mim… e nas minhas memórias.

E viverás para sempre, porque eu farei com que vivas... 

 

 


 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.