Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

6 caracteristicas minhas...

 

O meu Amigo Carlos Alberto Borges - http://umbreveolhar.blogs.sapo.pt/  propôs-me um desafio sobre as minhas seis características.
 
"Eis então,  resumidamente, as 6 características minhas que passo a divulgar:"
 
 
1 -  Possuo uma curiosidade enorme, por conhecer de forma profunda, todos os que se aproximam da minha vida. Um defeito ou uma virtude que tenho orgulho de preservar.
 
2 -  Clareza de ideias, opiniões, verdades, mentiras… Quero clareza em tudo o que faz parte do meu mundo. A vida dos “cinzentos” não foi feita para mim. Tudo preto no branco.
 
3 –  Necessidade, quase absurda, de ajudar todos os que desabafam comigo. Podem ser amigos, conhecidos, e podem ser pessoas vejo pela  primeira vez.
É como absorver dos outros o que de mais importante eles têm a esconder.
Procuro caminhos de saída, explicações, vejo e dou a ver o que se pode passar outro lado. Compreender o outro lado é sempre o primeiro passo para que tudo seja resolvido.
É com uma frustração enorme que os deixo partir, quando sei que não posso interferir.
 
4  - Quem me conhece realmente bem, acusa-me de ser, digamos, demasiado expressiva verbalmente. Tanto para algo positivo, como algo negativo. Chegar até aos outros de forma intensa, talvez seja mais que uma necessidade. Não estamos a falar de pessoa de escândalos ou histerismo, mas sim de me expressar de forma demasiado esclarecida...
 
5 – Há uma frase que costumo dizer quando não gosto das verdades que descubro nos outros: - Odeio ter sempre razão!
Tenho de facto a mania que sei ver através… como se as pessoas com o tempo fossem transparentes. E na verdade, para mim são.
 
6 – E penso que tenho, tanto de sensível, como de insensível. Confesso que quem me atribuiu a palavra insensível são de facto as pessoas que mais gosto. Talvez porque sei que jamais se irão embora. Talvez porque quero que sintam a mesma dor que eu estou a sentir no momento.   

 

 

The End  ;)

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina Portela 09.03.2009 16:38

    Obrigado caro vizinho Carlos Alberto Borges.
    ;) Cumprimentos
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.