Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

É ele quem procuro?

 

 

Trouxe-o comigo, e mostrei-o resplandecente, no entanto enfraquecido pelo desconhecido e pela vida.
Ambicionei consentimento.
 
A minha ignorância esperava o desencorajar ou o rejúbilo.
O silêncio governou o momento…
Revelei as mais belas qualidades e a incoerência do meu sentimento.
Permaneceu oculto em pensamentos…
Critiquei a imperfeição e envolvi-me em medos, e lágrimas de confusão.
Ignorou…
 
Ser ancestral, eu aclamava pela confirmação!
Quero a definição da palavra, quero a certeza da discordância que reina no sentimento, quero a verdade sobre a forma como nos enlouquece e nos prende para sempre, quero que mostres um indício!
Anseio clareza na descrição dos efeitos secundários que causam golpes profundos, deixando cicatrizes visíveis que tentamos esconder para sempre.
 
É ele quem procuro?
 
Nem uma palavra coerente, nem uma descrição sábia. Omites segredos para me obrigar a analisar, com tempo, toda a complexidade deste sentimento.
Mas, e se eu cegar com o poder de seus olhos?
E se os ouvidos não forem capazes de alcançar o som verdadeiro, e em vez disso distorcerem palavras?
E se as mãos, que lhe dou sem pensar, me atraiçoarem! Afinal é química que não explico, apenas sinto!
 
É ele quem procuro?
 
Corri Passado, Presente, e não vi Futuro, porque o escondes-te de mim!
Desleal essa forma actuar, quando só quero a evidência de teu Espírito.
 
Parei o relógio, calei juízo que não me deste. E beijei-o…
Quando abri os olhos, não tive dúvidas.
Vi o Futuro omitido em meu mundo.
Foi ele quem me procurou, sofreu, lutou.
Sei que me amas.
Chorou. Caiu. Levantou-se.
A prova que me amas.
Ficou. Sonhou. Sorriu.
E Permaneces-te eternamente em mim.
Amo-te…
 
Não posso negar que a discrepância de nossas diferenças, nos criem a ambos, momentos de hesitação.
Confesso que se alguma vez lutei, foi para te esquecer, porque não vi em ti, a definição de tudo o que desejaria para mim…
E desisto sim. Desisto de resistir ao Amor.
 
É ele quem procuro?
É ele sim…
 
Will you stand by me? APA


 


 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Catarina Portela 16.03.2009 10:23

    Curto e clarificador. Bela rima. Muito obrigado.
    Fica bem. Beijinhos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.