Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Mais qua amiga, mais que familia, somente Tu - História de Vida de Ana

 

 

Não abriste portas para conhecermos o mundo, abris-te janela para contemplarmos estrelas.

Não criaste lágrimas, mas aguentas-te birras, enquanto enxugavas as gotas salgadas da nossa teimosia, Tu, ainda menina!

Não fizeste pontes mas mostraste-nos todos os caminhos escondidos, deixando-nos sonhar com castelos de encantar…

 

Amor, é esse fruto, que brota enquanto se cuida, que nasce enquanto se vê crescer, que dá, mesmo sem puder…

Carinhos, são esses gestos meigos e ternos que saem do calor da tua mão macia. Toque esse que jamais se esquece. Aparece quase que por magia, sempre que pensávamos no teu nome. Como se fosses a luz que nos guia…

A confiança trazes ao peito, a força que sem jeito desagua em teu coração, não é mais, que a pura protecção.

Atenta, discreta e sempre presente, assim começas-te na nossa vida. Assim invulgar, assim destemida.

És mais que família… (bem mais!)

 

Famílias não são só, os laços de sangue. Famílias são aquelas que não se esquecem de cultivar os sentimentos de união.

Famílias são como correntes inquebráveis, mas que jamais partem com o tempo. Por mais ferrugem que cresça, por mais que rompa e fique gasta, Família é sagrada.

 

Quando nada bate certo. Quando o correcto se mistura com a imperfeição humana. Quando Ser é mais difícil do que Estar. Nessas alturas estavas tu, a olhar por nós. Todos nós.

 

Tu Menina-Mulher, que mesmo antes de construíres um lugar, já fazias parte do nosso lar. Nós de olhos brilhantes, de anseios sem fim, depositamos em ti mais que a infância. Depositamos em ti momentos inesquecíveis, que nunca serão substituídos.

 

Amigos, são asas de condão que pousam uma vez em teu ombro e marcam para sempre a tua mente. Os anos passam, há crianças que nascem, há pessoas que morrem, há um tempo que não volta, há famílias que se desfazem, há pessoas que desaparecem da tua vida.

Tu não…

Porque Nós jamais te diremos Adeus.

 

 

 

(texto baseado num momento da vida de Ana. Dedicado a alguém que ela estima muito e que também a criou. Neste momento vai morar para longe, e ela decidiu dedicar-lhe um pequeno texto...)

4 comentários

Comentar post