Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Ocupada a sofrer...

 
Chovia... Nas pétalas das mais variadas cores onde se escondiam lágrimas da vida, não só da morte…
Separados pelo mármore que sempre existiu em volta da falta de nós.
 
Há pessoas que não sentem, outras que não querem sentir. Umas que sentem pela afinidade que as uniu durante anos. E eu? Eu sinto por todos os anos em que não te vivi, em que não brinquei contigo. Em que não chorei em teus ombros, em que não ouvi a tua voz, no momento em que precisava dela
 
Não há nada que apague a tua presença, nem que substitua o amor que me podias ter dado. Não há nada que apague os teus comportamentos, nem os comportamentos dos teus. Não dá para esquecer tudo aquilo pelo qual me fui moldando, criando espaços, vendo a vida a passar sem que eu conseguisse gritar a minha necessidade.
Não cresci nessa altura, muito se engana quem pensa que sim.
Nesse momento estava demasiado ocupada a sofrer por tudo o que me tinham tirado, sem eu merecer.
  
Guardo o que tive e não tive de ti, numa dor sem nome.
 
Com eternas saudades, Pai… Eternas…
 
 
Back when I was a child
before life removed all the innocence
my father would lift me high
and dance with my mother and me and then
spin me around til I fell asleep
then up the stairs he would carry me
and I new for sure, I was loved

If I could get
another chance
another walk
another dance with him
I'd play a song that would never ever end
how I'd love love love
to dance with my father again

oooo when I and my mother would disagree
to get my way I would run from her to him
he'd make me laugh just to comfort me yeah yeah
then finally make me do just what my momma said
later that night when I was asleep
he left a dollar under my sheet
never dreamed that he would be gone from me

If I could steal one final glance,
one final step
one final dance with him
I'd play a song that would never ever end
cause I'd love, love, love, to dance with my father again

sometimes I'd listen outside her door
and I hear how my mother cried for him
I'd pray for her even more than me
I'd pray for her even more than me

I know I'm praying
for much to much
but could you send back
the only man she loved
I know you don't do it usually
but dear lord she's dyin
to dance with my father again

every night I fall asleep
and this is all I ever dream

11 comentários

Comentar post