Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Histórias de Vida

Escrevam para catarinaportela86@gmail.com e conte sua a história da sua vida.

Vai-te embora, e admite!

 

 

 

 

 

Um olhar pesaroso, amargo, triste, sem vida.
Uma necessidade de vida, de alegria, de alimento da alma.
Uma certeza: Admites que já não amas.
 
Porque perdes tu anos e anos?
Porque te prendes a um ser que luta insistentemente para que não vás embora, quando tu já sabes que inconscientemente já foste?
 
Magoas, destróis-lhe a mente.
Para que ela se canse?
Para que ela vá embora?
Vai, desaparece da vida dela, da vida que destróis.
Já nem queres lutar para que dê certo!?
 
Parte homem, vai-te…
Refaz a tua vida, para que ela, pelo menos ela, possa ser feliz um dia, afinal tu já escolhes-te partir…
 
Sim, a culpa sempre foi, e sempre será de ambos.
Ambos que mataste uma relação.
Ambos vos perdestes em futilidades, ambos que resolveste os problemas esquecendo-os, e estancando apenas o sangue, sem desinfectar as feridas.
 
Esta mensagem é para vós, casal infeliz, que vos aguilhoais incessantemente, cada vez mais a desvaneceres a vossa existência.
 
Oh, casal infeliz, quanto eu quero que se desfaçam, de uma vez por todas, as mentiras, as falsidades, as irrealidades, os sorrisos forçados, o silencio mortífero, a mesa da cozinha calada, as noites de solidão, as lágrimas da almofada…
 
Quanto eu desejo, a mudança dura e crua.
A mudança que vos liberta a mente, o corpo.
Aquela que vos torna adolescentes sem medo, sem compromissos.
Aquela que tenta acabar convosco devagarinho, enquanto ganhais força para um novo princípio de vida.
 
Não é necessário teres medo dum inferno separado, quando já o vivias junto…
Porque assim em vez de estragares a vida de ambos, pode ser que não danifiqueis a vida de nenhum…